English French German Italian Spain

 


 

Recomendamos atualizar constantemente esta página


O Samaritano e os Religiosos

 

 

"Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão" [Lucas 10:33]


Essa maravilhosa parábola de Jesus é comumente chamada de "Parábola do Bom Samaritano". Porém, nosso Mestre apenas o identifica como "um samaritano" [Lucas 10:33].

A distância temporal entre nós e aquele momento em que Jesus proferiu essa ilustração, geralmente faz com que não atentemos para todo o significado do que foi ensinado por Ele.

Naquela época, os samaritanos pertenciam a um grupo étnico e religioso diferente dos judeus. Embora tivessem o Pentateuco como base de suas crenças, algumas de suas doutrinas e muitas práticas litúrgicas diferiam das judaicas. A cultura também era distinta da dos judeus em muitos aspectos.

Os líderes religiosos judeus e boa parte da população os tratavam como seres inferiores, tanto por sua origem étnica miscigenada como por suas práticas religiosas consideradas sincretistas.

Em seu ministério, Jesus não apenas se aproximou e dialogou com samaritanos, mas chegou a esse ponto que destacamos, onde, diante da indagação de um judeu doutor da lei que queria autojustificar seu individualismo, Ele coloca o samaritano como exemplo de amor ao próximo [Lucas 10:29].

Porém, o Senhor não apenas destaca a atitude amorosa do samaritano com o homem atacado no caminho, mas a coloca em oposição às atitudes de figuras religiosas que se julgavam superiores na época.

Tanto o sacerdote como o levita eram pessoas bem vistas na sociedade judaica, tinham amplo conhecimento teórico sobre a lei, se vestiam de forma diferenciada, amavam mostrar sua religiosidade e serem aplaudidos por isso. Ao mesmo tempo, olhavam com desprezo para aqueles que eram julgados inferiores no aspecto étnico e moral. Jesus vai ao âmago desse preconceito e desssa hipocrisia.

Aproximadamente 2 mil anos depois, que lição tudo isso nos traz? Como aplicar essa parábola e esse precioso ensinamento de Jesus nos dias atuais?

Cristo veio para mostrar-nos que ninguém é superior a ninguém diante de Deus. Ninguém pode ser relegado a um plano de inferioridade moral ou religiosa, porque todos carecemos da Graça do Altíssimo.

Ele veio para mostrar-nos que a verdadeira religião não se expressa em dogmas, títulos, aparências, instituições e aceitação social, mas no verdadeiro amor ao próximo.

"A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo" [Tiago 1:27]

Jesiel Rodrigues

 

 

A Violência contamina Almas - O Padrão do Amor de Deus - Membros do Mesmo Corpo - A Soberania de Deus no Deserto - Lutando Contra o Comodismo - Recompensados pelo que está em Oculto - Os Propósitos de Deus e os Sofrimentos da Vida - A Noite de José - Janelas Abertas para Jerusalém - Três Coisas que não Podem Faltar no Deserto - Valorizando o que Vale a Pena - A Renúncia Diária - Visão Diante da Luta - Vencendo Ursos e Leões - O Grande Médico - Oposição - Refrigério na Batalha - Toda a Justiça - Sem Diálogo com o Mal - Limpando o Templo - Trono do Altíssimo - Pecados Apagados - Ciente em Cada Necessidade - As Pedras e a Glória - Agradecimento - Deixe Ele usar Você - A Sós com o Pai - Verdadeiro Amigo - Grandioso Pai - O Altíssimo Sabe - Lágrimas - Só Mais um Pouco - Tempo para o Pai - Os Benefícios do Senhor - Os Gritos - Renovando as Forças - O Bom Pastor e as Ovelhas - Deixando os Cântaros - Jesus, Lázaro e os Porquês - Na Casa do Pai - Ameaças Ocultas e Declaradas - A Verdade


 

Saiba que o Altíssimo está no controle de tudo e de todos. Mesmo nos momentos mais difíceis, Ele estará conosco. A nossa salvação em Cristo é eterna. Nele, somos novas criaturas. Ele já venceu a morte. Ele é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na tribulação. Se você leu este artigo e ainda não tem a certeza da salvação eterna em Jesus, faça agora mesmo um compromisso com Ele! Convide-o para entrar em seu coração e mostrar-lhe a verdade que liberta. Veja porque você precisa ser regenerado e justificado, para viver a boa, perfeita e agradável vontade eterna do Criador e estar firme Nele diante de qualquer circunstância. Clique AQUI.

 

 


© Copyright Projeto Ômega – Todos os direitos reservados