English French German Italian Spain

 


 

 

REFLEXÃO

[Recomendamos atualizar esta página utilizando o comando F5]


Compartilhe com outras pessoas

 

Sem Diálogo com o Mal

 

 

"E desceu a Cafarnaum, cidade da Galiléia, e os ensinava nos sábados. E admiravam a sua doutrina porque a sua palavra era com autoridade.

E estava na sinagoga um homem que tinha o espírito de um demônio imundo, e exclamou em alta voz, dizendo: Ah! que temos nós contigo, Jesus Nazareno? Vieste a destruir-nos? Bem sei quem és: O Santo de Deus.

E Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te, e sai dele. E o demônio, lançando-o por terra no meio do povo, saiu dele sem lhe fazer mal" [Lucas 4:31-35]

Em cada ação do Senhor vemos um ensinamento para nós... E aqui, nesta situação específica, o ensinamento do Mestre é que não devemos dialogar com espíritos imundos... Devemos expulsá-los...

Se você ler o contexto dessa passagem, dias antes Jesus tinha sido expulso de sua própria cidade, Nazaré, e por pouco não tinha sido morto por aquelas pessoas... Seus próprios conterrâneos...

Por causa disso, Jesus saiu da cidade onde tinha crescido e foi a Cafarnaum, onde ocorreu o fato que destacamos.

Certo dia, enquanto Jesus ensinava na sinagoga de Cafarnaum, um homem possesso exclamou em alta voz, reconhecendo o poderio de Cristo e dizendo saber que Cristo era o Santo de Deus...

Se Jesus seguisse o caminho do ego humano, teria dado ouvidos e até incentivado que aquele espírito imundo falasse mais...

Afinal de contas, Jesus tinha sido expulso de sua própria cidade aos olhos de todos... Diante de muitas pessoas em sua própria cidade, Jesus tinha sido rejeitado e quase tinha sido morto...

Você já imaginou isso? Você sendo expulso de sua cidade, desmoralizado, com o risco de ser linchado, aos olhos das pessoas que o conhecem e o viram crescer?

Foi isso que aconteceu com o Mestre em Nazaré...

Então, Ele chega a Cafarnaum e se depara com essa situação... Um demônio reconhecendo o poderio Dele para destruir toda força do mal... A condição Dele como Santo de Deus...

Mas Jesus não se deixa levar por essa tentação... Essa tentativa demoníaca de elevar o ego do Mestre...

Ele nos ensina que a única coisa que devemos fazer com espíritos imundos é expulsá-los...

Atualmente, muitos tentam se aproveitar de situações assim para benefício próprio... Estão fazendo o que Jesus não fez...

Tem gente que até estabelece uma conversa com o demônio, só para mostrar que tem o poder de Deus ou para fazer marketing de seu ministério...

Mas não é isso que Jesus ensina... Ele nos ensina a repreender o mal, sem nenhum tipo de conversa ou concessão com seres do engano...

"E Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te, e sai dele. E o demônio, lançando-o por terra no meio do povo, saiu dele sem lhe fazer mal" [Lucas 4:35]

Projeto Ômega

 

 

Reflexões anteriores:

Limpando o Templo

Trono do Altíssimo

Pecados Apagados

Ciente em Cada Necessidade

As Pedras e a Glória

Agradecimento

Deixe Ele usar Você

A Sós com o Pai

Verdadeiro Amigo

Grandioso Pai

O Altíssimo Sabe

Lágrimas

Só Mais um Pouco

Tempo para o Pai

Os Benefícios do Senhor

Os Gritos

Renovando as Forças

O Bom Pastor e as Ovelhas

Deixando os Cântaros

Jesus, Lázaro e os Porquês Na Casa do Pai

Ameaças Ocultas e Declaradas

A Verdade

 

 

 


 

Saiba que o Altíssimo está no controle de tudo e de todos. Mesmo nos momentos mais difíceis, Ele estará conosco. A nossa salvação em Cristo é eterna. Nele, somos novas criaturas. Ele já venceu a morte. Ele é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na tribulação. Se você leu este artigo e ainda não tem a certeza da salvação eterna em Jesus, faça agora mesmo um compromisso com Ele! Convide-o para entrar em seu coração e mostrar-lhe a verdade que liberta. Veja porque você precisa ser regenerado e justificado, para viver a boa, perfeita e agradável vontade eterna do Criador e estar firme Nele diante de qualquer circunstância. Clique AQUI.

 

 

 


© Copyright Projeto Ômega – Todos os direitos reservados