English French German Italian Spain

 


Recomendamos atualizar constantemente esta página


 

Japão enviará tropas e implantará mísseis em suas usinas nucleares após incidente em Zaporozhie

 

Tóquio planeja implantar mísseis interceptores, junto com tropas das Forças de Autodefesa, para garantir a segurança das usinas nucleares do país em tempos de paz, após o ataque e incêndio na instalação ucraniana de Zaporozhie.

O incêndio ocorreu na madrugada de 4 de março próximo das instalações da usina, em meio aos combates entre os Exércitos de Moscou e Kiev.

O incidente levou o governo japonês a tomar consciência de que os reatores podem se tornar alvo de "um ataque extrangeiro", segundo reconhecem as mídias locais.

Até agora, as medidas de segurança nuclear do Japão se focavam exclusivamente em proteger as usinas de desastres naturais, terremotos ou tsunamis, bem como de atentados terroristas.

Espera-se que as novas medidas sejam incorporadas na estratégia de segurança nacional que vai ser revisada no final deste ano. O documento atual, em vigor desde 2013, não menciona ataques por parte de um exército estrangeiro e apenas contempla casos de terrorismo internacional.

Uma forma de proteger as usinas poderia ser a implementação de uma unidade de mísseis Patriot (PAC-3) perto de suas instalações. Estes sistemas são destinados a interceptar projéteis do inimigo por meio de mísseis terra-ar.

FONTE

 



 

Saiba que o Altíssimo está no controle de tudo e de todos. Mesmo nos momentos mais difíceis, Ele estará conosco. A nossa salvação em Cristo é eterna. Nele, somos novas criaturas. Ele já venceu a morte. Ele é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na tribulação. Se você leu este artigo e ainda não tem a certeza da salvação eterna em Jesus, faça agora mesmo um compromisso com Ele! Convide-o para entrar em seu coração e mostrar-lhe a verdade que liberta. Veja porque você precisa ser regenerado e justificado, para viver a boa, perfeita e agradável vontade eterna do Criador e estar firme Nele diante de qualquer circunstância. Clique AQUI.

 

 

 


© Copyright Projeto Ômega – Todos os direitos reservados