English French German Italian Spain

 


[Recomendamos atualizar esta página utilizando o comando F5]


 

 

Um grande e raro buraco na camada de ozônio surgiu sobre o Ártico

 

Um vasto buraco na camada de ozônio - provavelmente o maior já registrado no norte - foi aberto nos céus acima do Ártico. Ele se compara ao buraco de ozônio antártico que é mais conhecido e se forma no hemisfério sul a cada ano.

De acordo com especialistas, o raro buraco na camada de ozônio no Ártico não deve durar muito e não representará riscos para a saúde humana.

Atualmente, os baixos níveis de ozônio se estendem por grande parte do Ártico central, cobrindo uma área cerca de três vezes o tamanho da Groelândia. O buraco não ameaça a saúde das pessoas e provavelmente se romperá nas próximas semanas. Contudo, é um fenômeno atmosférico extraordinário que certamente será registrado.

O ozônio forma um cobertor protetor na estratosfera, cerca de 10 a 50 quilômetros acima do solo, onde protege a vida da radiação ultravioleta solar.

O Ártico geralmente não tem as condições atmosféricas necessárias para a formação do tipo de nuvens de grande altitude que desencadeiam a reação com a camada de ozônio. Mas neste ano, poderosos ventos vindos do oeste prenderam ar frio sobre o ártico em um “vórtice polar”, permitindo que as nuvens se formassem e a reação que leva à destruição do ozônio ocorresse.

FONTE: Tempo



 

Saiba que o Altíssimo está no controle de tudo e de todos. Mesmo nos momentos mais difíceis, Ele estará conosco. A nossa salvação em Cristo é eterna. Nele, somos novas criaturas. Ele já venceu a morte. Ele é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na tribulação. Se você leu este artigo e ainda não tem a certeza da salvação eterna em Jesus, faça agora mesmo um compromisso com Ele! Convide-o para entrar em seu coração e mostrar-lhe a verdade que liberta. Veja porque você precisa ser regenerado e justificado, para viver a boa, perfeita e agradável vontade eterna do Criador e estar firme Nele diante de qualquer circunstância. Clique AQUI.

 

 

 


© Copyright Projeto Ômega – Todos os direitos reservados