English French German Italian Spain

 


[Recomendamos atualizar esta página utilizando o comando F5]

[Recomendamos atualizar esta página utilizando o comando F5]

 

19/07/20

 

Controle total avança: novo método biométrico unindo pagamentos, dados pessoais e vacinas será implantado na África Ocidental

 

Uma plataforma biométrica de identidade digital que "evolui da mesma forma que você evolui" deve ser implatada em comunidades remotas e de baixa renda na África Ocidental, graças a uma parceria público-privada entre a empresa de autenticação de identidade com inteligência artificial, Trust Stamp, a aliança da GAVI de vacinas e a Mastercard.

O programa, lançado pela primeira vez no final de 2018, verá a plataforma de identidade digital da Trust Stamp integrada no GAVI-Mastercard "Wellness Pass", um registro de vacinação digital e sistema de identidade que também está vinculado ao sistema click-to-play da Mastercard , baseada em sua tecnologia de Inteligência Artificial e aprendizado de máquina chamada NuData.

Essa é uma nova abordagem para vincular um sistema biométrico de identidade digital, registros de vacinação e um sistema de pagamento em uma única plataforma coesa.

O esforço, desde o seu lançamento, há quase dois anos, foi financiado por US $ 3,8 milhões em fundos de doadores da GAVI, além de uma doação equivalente da mesma quantia pela Fundação Bill e Melinda Gates.

No início de junho, a GAVI informou que o programa Wellness Pass da Mastercard seria adaptado em resposta à pandemia de Covid-19. Cerca de um mês depois, a Mastercard anunciou que a plataforma de identidade biométrica do Trust Stamp seria integrada ao Wellness Pass, pois o sistema do Trust Stamp é capaz de fornecer identidade biométrica em áreas do mundo sem acesso à Internet ou conectividade celular.

O Programa de Bem-Estar envolvendo GAVI, Mastercard e Trust Stamp será lançado em breve na África Ocidental e será associado a um programa de vacinação Covid-19 assim que a vacina estiver disponível.

O sistema de identidade biométrica do Trust Stamp, amplamente financiado por altos investimentos da Mastercard na empresa em fevereiro, utiliza uma tecnologia chamada Evergreen Hash que cria uma "máscara 3D" gerada por inteligência artificial com base em uma única foto do rosto, palma ou impressão digital de uma pessoa.

Depois que essa "máscara" biométrica é criada, muitos dos dados originais são descartados e as chaves de criptografia são geradas no lugar do nome de uma pessoa ou de outros identificadores mais tradicionais.

"Apenas uma pequena porcentagem dos dados que existiam originalmente está no hash", afirmou Gareth Genner, CEO da Trust Stamp. "O que você tem é algo mais seguro para armazenar, porque não pode ser usado para identificá-lo diretamente. Ninguém o reconheceria nesse enorme amontoado de números."

O resultado, segundo Genner, é um sistema de "informações irreversíveis não identificáveis pessoalmente" que "protege a privacidade, reduz o potencial de uso indevido e permite a inclusão efetiva quando não há outra forma de registro legal".

Os algoritmos de IA do Trust Stamp podem determinar com precisão se diferentes hashes pertencem ao mesmo indivíduo, o que significa que "o hash evolui ao longo do tempo, assim como você evolui", disse Genner [1].

Diante de informações como esta, o que podemos dizer é que prossegue o avanço do cenário profético rumo ao que está profetizado.

O fim do uso do dinheiro em papel moeda ganhará cada vez mais apoio a partir desta pandemia que vivemos. A própria OMS já declarou que notas de dinheiro podem espalhar o coronavírus [2].

Além desse aspecto "novo" ligando o uso do dinheiro a possíveis contágios, existem também aspectos que já temos comentado, como a praticidade e segurança, o maior controle dos governos sobre movimentações financeiras e a diminuição da lavagem de dinheiro.

Então, não é descabido pensar que haverá nos próximos meses uma pressão para que métodos de transações financeiras sejam cada vez mais virtuais e que o "dinheiro vivo" seja abolido.

Por outro lado, o uso da biometria, recolhendo informações biométricas do rosto e das mãos, aponta novamente para o que já está profetizado há dois mil anos em Apocalipse 13:16-18.

Estamos diante dos testes iniciais do sistema já profetizado nas Escrituras, tendo como alvo comunidades remotas e de baixa renda na África Ocidental e a necessidade pela tão esperada vacina contra a Covid-19 ou este é mais um passo rumo ao que já está profetizado? Saberemos a resposta nos próximos meses...

 

PROJETO ÔMEGA

 

 

24/06/20 31/05/20 25/03/20 19/03/20 12/03/20 01/03/20 25/02/20 13/02/20 26/01/20 04/01/20 24/10/19 13/10/19 05/09/19 03/08/19 06/07/19 23/06/19 30/05/19 27/04/19 05/03/19 19/02/19 20/01/19 30/10/18 20/10/18 06/08/18 24/05/18 28/03/18 10/02/18 09/12/17 14/11/17 30/10/17 15/09/17 26/08/17 20/08/17 11/08/17 24/06/17 17/06/17 17/04/17 08/04/17 04/04/17 08/03/17 13/01/17 24/12/16 01/12/16 14/11/16 09/11/16 28/10/16 19/10/16 15/10/16 11/10/16 04/10/16 26/09/16 21/09/16 10/09/16 07/09/16 04/09/16 29/08/16 27/08/16 22/08/16 19/08/16 17/08/16 14/08/16 10/08/16 05/08/16 29/07/16 25/07/16 18/07/16 15/07/16 12/06/16

 

 

 


 

Saiba que o Altíssimo está no controle de tudo e de todos. Mesmo nos momentos mais difíceis, Ele estará conosco. A nossa salvação em Cristo é eterna. Nele, somos novas criaturas. Ele já venceu a morte. Ele é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na tribulação. Se você leu este artigo e ainda não tem a certeza da salvação eterna em Jesus, faça agora mesmo um compromisso com Ele! Convide-o para entrar em seu coração e mostrar-lhe a verdade que liberta. Veja porque você precisa ser regenerado e justificado, para viver a boa, perfeita e agradável vontade eterna do Criador e estar firme Nele diante de qualquer circunstância. Clique AQUI.

 

 


© Copyright Projeto Ômega – Todos os direitos reservados